Holding – vantagens e riscos do segmento

por | 15 mar 21 | Uncategorized | 0 Comentários

Para começar, devemos saber que uma holding é uma empresa que atua controlando outras companhias. Elas possuem participação majoritária as ações das empresas, mas não é um tipo de sociedade, mas sim uma forma de administração de grupos empresariais. 

E é muito fácil formar uma holding. As ações costumam ser compradas no mercado aberto e o consentimento dos acionistas da sociedade não é exigido. Além disso, é possível agrupar o capital das empresas que constituem a holding e suas subsidiárias, podendo realizar projetos de grande escala, voltados para aumentar a rentabilidade.

As holdings e subsidiárias ainda têm direito à economia de operações de grande escala, em que podem aproveitar vantagens de descontos baseados na quantidade de itens comprados. Uma holding também auxilia a manter o controle do grupo empresarial nas mãos do fundador. Os problemas de sucessão administrativa podem ser sanados com uma holding, já que é possível treinar os sucessores ou outros colaboradores da empresa para cargos de direção.

E falando em sucessão, os problemas relacionados a ela podem ser também minimizados através da holding, que proporciona uma melhor administração de bens, resguardando o patrimônio. Isso é uma das finalidades mais procuradas para evitar esse tipo de conflito.

Mas nem tudo são flores. Apesar dessas vantagens – e mais uma outra infinidade delas -, as holdings também apresentam diversos problemas, como o excesso de capitalização. Neste caso, os acionistas não teriam um retorno justo sobre o capital investido.

Há também o risco da concentração do poder econômico nas mãos de quem administra a holding e a manipulação, onde as informações sobre as subsidiárias podem ser utilizadas para ganhos pessoais (essas informações sobre o desempenho financeiro das subsidiárias podem ser utilizadas para fins de especulação).

Fraudes e desvios de poder também são problemas que podem ocorrer nas holdings, bem como o monopólio secreto, em que os concorrentes podem ser eliminados ou impedir a entrada de novas empresas.

Agora que você conhece mais um pouco dos prós e contras das holdings, você pode atuar ou se aprofundar neste ramo tão promissor.

Publicações relacionadas

Parabéns, Juscon!

Garantir a segurança, agilidade e eficácia na administração de obrigações fiscais e assessoria contábil para os nossos clientes, transformando pessoas e empresas. Foi com essas diretrizes que a Juscon surgiu, em 1990, fundada por Juraci José Pereira. São 31 anos de...

ler mais

Vamos falar sobre planejamento sucessório?

Quando decidimos abrir uma empresa, logo aprendemos que temos que cumprir com diversas obrigações e arcar com responsabilidades que sequer imaginávamos. E uma dessas obrigações – ou responsabilidades, como queira – é tratar do planejamento sucessório. Mas o que é...

ler mais
Close Bitnami banner
Bitnami