Imposto de Renda 2019/2020

por | 15 jan 20 | Uncategorized | 0 Comentários


A declaração do Imposto de Renda é obrigatória para pessoas físicas residentes no Brasil que receberam rendimentos tributáveis acima de *R$ 28.559,70 no ano de 2019.
Também devem declarar os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte cuja soma foi superior a *R$ 40.000,00.
Devem fazer a declaração ainda as pessoas físicas que obtiveram ganhos de capital na alienação de bens ou realizaram operações em bolsas de valores.
No caso dos trabalhadores rurais, a declaração é obrigatória para quem teve receita superior a *R$ 142.798,50 e para quem é proprietário de bens com valores superiores a R$ 300.000,00 mil.
O saldo do imposto devido poderá ser pago em até oito quotas mensais. As parcelas não podem ser inferiores a R$ 50. O imposto com valor inferior a R$ 100 deverá ser pago em quota única.
  • INSS – Previdência Oficial 
Pode ser abatido do imposto todos os valores pagos para o INSS tanto próprio ou para os dependentes.
Documento comprobatório – guias de recolhimento ou informe de rendimento da fonte pagadora. 
  • Previdência Privada
Pode ser abatido até 12% do rendimento tributado da base de cálculo do imposto as contribuição pagas para
Documento comprobatório – informe de rendimento da previdência privada.
  • INSS Doméstica
Para este ano o limite de dedução de *R$ 1.171,84 anual (limitado a 1 doméstica) Documento comprobatório – guias do eSocial.
  • Despesas Médicas
Pode ser abatido ser abatido TODOS os gastos com médicos, hospitais e planos de saúde. Próprios ou de dependentes.
Importante: Não ser desconsiderados os valores reembolsados pelo plano de saúde. Documento comprobatório – recibos, notas fiscais, informe da empresa do plano de saúde
  • Outras deduções permitidas da base do IR
Dependente – limite de dedução de *R$ 2.275,08 anual (caso o depende tenha renda tributada maior que este valor não vale a pena lançar como dependente)
Gasto com Instrução – limite de dedução de *R$ 3.561, 50 anual(próprio e / ou dependente) (somente escola da educação formal) (faculdade para dependentes até 24 anos)
Gasto com Alimentado – sem limite de dedução (somente com ordem judicial) (caso o alimentado receba mais que o limite de isenção deverá fazer sua própria declaração)
*Observação Importante: Valores e limites utilizados referentes ao ano de 2018 e que ainda serão atualizados pela Receita Federal.

Publicações relacionadas

Consultorias: os erros mais comuns

Entender as necessidades da empresa, otimizar os processos internos, reinventar modelos de negócios. São amplas as atribuições de uma consultoria, que nos últimos tempos, têm se tornado cada vez mais ativas nos negócios Brasil afora. E mesmo com toda a expertise para...

ler mais

Cuidados e dicas empresariais em tempos de pandemia

No último ano, o mundo se viu diante de um problema de escala inimaginável: a pandemia do Coronavírus. Desde então, o que mais tem se falado é sobre os desdobramentos que o vírus implicou em todas as esferas de nossas vidas, desde o cotidiano em casa até as relações...

ler mais

IRPF 2021 – Novas regras de obrigatoriedade:

Entrega de 1° de Março a 30 de AbrilRendimentos tributáveis cuja soma supera R$ 28.559,70 está obrigado a declarar;recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00;Obteve, em qualquer mês, ganho...

ler mais
Close Bitnami banner
Bitnami