5 passos para abrir meu negócio

por | 3 jun 19 | Uncategorized | 0 Comentários

Para a abertura de empresa é necessário muito mais que apenas uma boa ideia, antes de tudo, é preciso tomar ciência de toda a burocracia que será preciso enfrentar para a mesma começar a funcionar.
Saber de todos os documentos solicitados neste processo é importante para que não haja atraso ou problemas futuros junto às autoridades da sua cidade.
Assim, abaixo separamos uma lista com os documentos necessários para abrir uma empresa e realizar o seu sonho de ter um negócio próprio.
Mas, tenha em mente que detalhes específicos como o tipo de negócio a ser aberto e região onde o mesmo ficará localizado, podem exigir documentos específicos ou escritório de contabilidade, cujo os quais você deve buscar informações na junta comercial do seu município.

Documentos necessário para Registro Na Junta Comercial

O primeiro passo para abrir uma empresaé o registro na Junta Comercial no Estado onde o mesmo irá residir.
Esse registro é como a Certidão de Nascimento das pessoas jurídicas, sendo necessário para a expedição de outros documentos exigidos para a abertura de um empreendimento.
Microempreendedores Individuais podem ter uma versão temporária desse documento válida por 180 dias, que pode ser emitida diretamente no Portal do Empreendedor.
Assim, os documentos necessários são:
1 – Requerimento Padrão em uma via.        
2 – Requerimento de Empresário Individual ou Contrato Social ou Ata de Assembleia Geral de Constituição e Estatuto, em quatro vias, no caso de empresário.
3 – Cópia autenticada do RG e CPF do titular e/ou dos sócios.            
4 – Ficha de Cadastro Nacional (FCN) modelo 1 e 2, em uma via.
5 – Pagamento das taxas por meio de Guia de Recolhimento.
Após apresentar esses documentos você irá receber o Número de Identificação do Registro de Empresa (NIRE), que é um comprovante que a Junta Comercial emite do registro, com ele em mãos é preciso dar entrada no CNPJ da sua empresa.
O processo pode ser feito quase todo online no site da Receita Federal, e de maneira física, será preciso enviar apenas alguns documentos que são informados no site, e que podem ser enviados via Sedex ou pessoalmente na Secretaria da Receita Federal.
Os Microempreendedores Individuais não possuem a necessidade de seguir todo esse processo, já que o CNPJ é emitido automaticamente no momento do registro no Portal do Empreendedor.

Publicações relacionadas

Consultorias: os erros mais comuns

Entender as necessidades da empresa, otimizar os processos internos, reinventar modelos de negócios. São amplas as atribuições de uma consultoria, que nos últimos tempos, têm se tornado cada vez mais ativas nos negócios Brasil afora. E mesmo com toda a expertise para...

ler mais

Coworking segmentado: você já ouviu falar sobre eles?

Nos últimos tempos, todos nós temos ouvido falar sobre os coworkings e, consequentemente, aprendido um pouco sobre eles. São aqueles espaços compartilhados com diversas pessoas e empresas, de diferentes segmentos. E por falar em diferentes segmentos, você já ouviu...

ler mais
Close Bitnami banner
Bitnami