Créditos de PIS e Cofins sobre o vale-transporte

por | 27 jan 21 | Uncategorized | 0 Comentários

É isso mesmo que você leu no título: agora, o vale-transporte gera créditos de PIS e Cofins. A Receita Federal passou a permitir esses créditos, que antes eram apenas para empresas de limpeza, conservação e manutenção.

As discussões sobre a possibilidade de calcular crédito de PIS e Cofins sobre alguns gastos continuam sendo dos assuntos mais polêmicos do âmbito tributário, pois os créditos podem reduzir o valor das contribuições e por isso chama a atenção da Fazenda Nacional e de contribuintes.

Para que essa decisão de geração de créditos fosse acatada, a Receita Federal levou em consideração a Soluta de Consulta nº 7.081, em que o vale-transporte é tratado como uma “despesa decorrente de imposição legal”, uma vez que é fornecido aos funcionários que trabalham diretamente na produção de bens ou na prestação de serviços.

Para ilustrar, é necessário perceber que alguns juristas entendem que a Receita Federal está considerando que a Solução de Consulta trata de forma diferente gastos que são equivalentes. Por exemplo, se o trabalhador que está na produção de alimentos não estiver com a vestimenta adequada, a produção pode ser paralisada. Assim, os gastos com uniformes são essenciais. É o equivalente ao vale-transporte, uma vez que se o funcionário não puder se deslocar para o trabalho, a produção também pode ser prejudicada.

Para entender melhor sobre os créditos de PIS e Cofins, acesse: https://sigaofisco.com.br/pis-cofins-creditos-sobre-gastos-com-transporte-e-alimentacao/

Publicações relacionadas

Consultorias: os erros mais comuns

Entender as necessidades da empresa, otimizar os processos internos, reinventar modelos de negócios. São amplas as atribuições de uma consultoria, que nos últimos tempos, têm se tornado cada vez mais ativas nos negócios Brasil afora. E mesmo com toda a expertise para...

ler mais

Cuidados e dicas empresariais em tempos de pandemia

No último ano, o mundo se viu diante de um problema de escala inimaginável: a pandemia do Coronavírus. Desde então, o que mais tem se falado é sobre os desdobramentos que o vírus implicou em todas as esferas de nossas vidas, desde o cotidiano em casa até as relações...

ler mais

IRPF 2021 – Novas regras de obrigatoriedade:

Entrega de 1° de Março a 30 de AbrilRendimentos tributáveis cuja soma supera R$ 28.559,70 está obrigado a declarar;recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00;Obteve, em qualquer mês, ganho...

ler mais
Close Bitnami banner
Bitnami