Vamos falar sobre trabalho híbrido?

por | 10 set 21 | Uncategorized | 0 Comentários

Ultimamente, mais precisamente nos 18 meses passados, a forma de trabalho mudou. A pandemia causada pelo novo coronavírus nos forçou a adotar diversas medidas de proteção, como o uso de máscaras, álcool em gel e também o distanciamento social. Em relação a esta última, podemos dizer que foi a medida que mais provocou mudanças no cotidiano de todos.

Mudanças que também afetaram diretamente o modo de trabalhar. Com escritórios, fábricas e lojas fechadas, muita gente acabou adotando o home office para continuar a desempenhar as funções profissionais. Mas agora, com a vacinação avançando e com as medidas restritivas sendo atenuadas, a volta ao trabalho presencial se torna inevitável. E com isso, uma outra alternativa acaba se tornando viável: o trabalho híbrido. Você sabe o que é?

O trabalho híbrido é aquele que possibilita que o funcionário realize a sua jornada de trabalho de forma presencial e também à distância, seja em casa ou em qualquer outro lugar que o permita fazê-lo. E como funciona?

No formato híbrido, é possível – e necessário – definir as escalas dos trabalhadores. Por exemplo, pode-se trabalhar dois dias de maneira presencial e três de forma remota. Não é preciso que o colaborador esteja presente na empresa todos os dias, o que vale é a estratégia e regras implementadas previamente. De acordo com a Reforma Trabalhista, a lei já estabelece bases legais e outras normas relacionadas ao teletrabalho, reduzindo as demandas judiciais futuras.

Apesar de ser o modelo de trabalho preferido para o pós-pandemia, o trabalho híbrido não é exatamente uma novidade, já sendo adotado por diversos países mundo afora. A crise provocada pelo coronavírus apenas consolidou o espaço para que o modelo híbrido se torne uma realidade. Aqui, apresentamos alguns dos benefícios:

  • Redução dos atrasos;
  • Otimização das tarefas;
  • Descentralização da hierarquia;
  • Melhora na gestão do tempo;
  • Minimização dos custos;

Mas mesmo com pontos positivos e a preferência pela modalidade, o trabalho híbrido também apresenta desafios para ser implantado, como manter a cultura interna da empresa, por exemplo. Como todos os funcionários não estarão presentes, é difícil manter uma cultura coesa. Outro aspecto importante é manter a segurança da informação da rotina empresarial. Assim, pode-se deixar bem claro o que é permitido e o que é proibido tanto no presencial, como no remoto.

Ter uma comunicação entre a equipe que seja eficaz é um dos fatores mais importantes para que o trabalho híbrido, principalmente quando os colaboradores não estão nas dependências da empresa. É preciso implementar ações que criem um padrão para realizar as atividades internas, para que ninguém seja prejudicado.

E o futuro?

Por conta dos inúmeros benefícios, muitos funcionários esperam continuar a trabalhar no formato de home office, mesmo que seja por alguns dias na semana. Isso pode ser vantajoso para as empresas, desde que não haja queda na produtividade ou prejuízos. A maior sensação de segurança, maior flexibilidade, qualidade de vida, tudo é levado em consideração na hora de se manter na empresa ou na busca de outras oportunidades.

A possibilidade de ter liberdade, no que se diz respeito ao horário e local de trabalho, além da autonomia e do controle para desempenhar as funções, só é possível de ser alcançado pelo modelo híbrido.

E você, já se adaptou ou adaptou a sua empresa para trabalhar no modelo híbrido? Conta pra gente!

Publicações relacionadas

MEIs podem regularizar débitos até o dia 30 de setembro

O prazo para regularizar os impostos em aberto dos microempreendedores individuais (MEI) foi prorrogado pela Receita Federal para o dia 30 de setembro. O prazo anterior acabava na última terça-feira, dia 31/08. Os débitos podem ser regularizados através do Documento...

ler mais
Close Bitnami banner
Bitnami